quarta-feira, setembro 09, 2009

O fundador da Hakuna Matata

"Eu uso o necessário
Somente o necessário
O extraordinário é demais
Eu digo necessário
Somente o necessário
Por isso é que essa vida eu vivo em paz"


Baloo, no filme O Livro da Selva
p.s. estiva a (re)ver o filme :P

terça-feira, julho 14, 2009

Leveza

E hoje foi um dia em que uma sensação de levez/alívio, fosse o que fosse, me invadiu o corpo e o fez levitar (pelo menos pareceu que as costas ficaram leves).
Quando ouvi "este já tá feito", e eu "como assim, já tá acabado?" e de resposta obtenho um "SIM!" =D (UM ESPETÁCULO, DIGO EU), foi uma maravilha...
Após mêses de trabalho seguido, uma sensação de relaxe, embora que haja um exame a caminho, houve uma bela sensação...
Um ano universitário sempre ocupado que parece ter começado ontem e no entanto, parece que este semestre demorou anos a passar, parece estranho mas é verdade.
Mas no final compensou, pois vou ter umas pequenas férias (5 ou 6 dias) antes de começar o estudo para o meu exame.
Enfim, a pequena vida de estudante :P


p.s. coninuo a planear esta pequena semana de férias, que se avizinha...

sábado, abril 25, 2009

Parabéns

Com pouco ou nada a dizer neste dia de liberdade, amor, esperança e alívio...com um pouco de sofrimento para alguns.
Eu apenas digo "Parabéns Avô" :'(

quarta-feira, outubro 08, 2008

Miravet (Tarragona)

Enquanto fazia um trabalho (sobre a Geologia da Península Ibérica) deparei-me com tal imagem e foi impossível ficar imune e tive que dizer "Porra, tenho que visitar isto."....
Miravet, fica em Tarragona, Espanha....
Digam lá se não é lindo? =)

Partiu-se!!! :'(

O último dos 3 partiu-se....
Ao fim de tanto tempo (dois anos e meio), no meu bolso, acabou por se partir :(
Por muito passaram estes 3 e este último e tão resistente, o "duro", já não dura mais.

p.s. o que são estes 3 não importa xD

segunda-feira, setembro 22, 2008

"Visita de Médico"

Ontem tive uma dita "Visita de Médico", mas foi bom (re)ver a minha melhor miga =)

bjinhus pa tu

terça-feira, agosto 12, 2008

3:30 da matina em Lx

Bem, como o titulo diz, são 3:30 da manhã e eu a escrever isto, sinal de que não tenho mais nada para fazer visto que este post nada de importante vai dizer!
Acabo de (re)ver "A Residência Espanhola", titulo original "L'Auberge espagnole" e ponho-me a ouvir Chambao, um chill-out pra tar a ouvir enquanto escrevo isto. Pois não tendo nada de jeito pra partilhar nem pra dizer, o que eu me limito a fazer por agora é partilhar este pequeno momento pelo qual acabo de passar xD
Sem dúvida que este se torna um post inútil, mas pelo menos faço algo enquanto espero pelo João Pestana (tambem conecido por Morfeus), e bom, partilho um pouco de cultura cinematografica e musical :P
Estando eu na capital, com muito melhor pra fazer do que simplesmente escrever um post, limito-me a escrever o dito e a beber vodka, simples, na falta de melhor.
Sem muito mais pra partilhar de momento, pensava eu, e chega aqui alguem a fazer aquelas perguntas tipicamente estupidas, ao ver-me a teclar pergunta "Inda tás acordado?" ("nã", apeteceu-me dizer, "sou um escritor sonâmbulo")...

post inútil escrito, mas faz parte da descrição do blog, falar um pouco sobre as minhas actividades xD

com as maiores saudações noctívagas
lipe

p.s. mais de 20 minutos pra escrever isto xD

quarta-feira, julho 23, 2008

Caldelas entre 17 e 22 de Julho de 2008

A paisagem com que contemplei todos os dias...


... e a bebida que todos os dias nos acompanhou XD

A repetir, sem dúvida alguma :D

domingo, julho 06, 2008

um bom momento que seria :D


sexta-feira, julho 04, 2008

Maçã de Junho

És a estrela da alvorada e a madrugada junto ao cais
És tudo o que eu vejo em ti, és a alegria e muito mais
És a minha maçã de Junho, és o teu corpo e o meu
Amo-te mais que à vida, que a vida sem ti morreu
Amo-te mais que à vida, que a vida sem ti morreu

És a erva perfumada, debruada a girassóis
O trago do café quente nas manhãs entre lençóis
És a minha maçã de Junho e a minha noite de Verão
Anda, vem comigo, vamos, dá-me a tua mão
Anda, vem comigo, vamos, dá-me a tua mão

És o encontro na estrada, és a montanha e o pôr do sol
O vinho bebido em festa, és a papoila e o rouxinol
És a minha maçã de Junho e a minha estrela polar
Sem ti eu não tenho norte, sem ti eu não sei amar.
Sem ti eu não tenho norte, sem ti eu não sei amar.
mt obrigado por esta música =)

quarta-feira, junho 04, 2008

2008-06-04 Parabéns linda =)

OH miga, há tanta coisa pra dizer e tão poucas palavras me ocorrem... e mesmo quando ocorrem nem sempre são as correctas.Tambem, não me vou esticar muito (por aqui), porque isto é uma pequena prenda virtual e pouco mais, o resto é nosso :P
Neste teu dia esta foi a prenda que eu mais tive vontade de te dar, e até agora mostrou-se impossível de concretizar. Mas quçá issso inda se resolva :P


Bjocas coração e feliz aniversário ;)

domingo, junho 01, 2008

Jarabe de Palo - Olé




Jarabe de Palo - Olé

Olé por saber como soy
Olé por partir mi corazón
Olé porque tu amor no tiene dueño
y a mi me ha tocado un poco.
Olé por no darme la razón
cuando los dos sabemos que no la tengo.

Olé por llenarme el corazón
de ternura y sentimiento.
Olé por llenarme de hermosura
por ese te quiero.
Olé por como eres
porque tu mirada aún me conmueve.

Olé porque me gustas así
Olé por lo que crees
por lo que quieres
porque te fías de mi.
Olé porque siempre estas ahí
Olé porque me moría por verte
y tú te morías por mí.

Olé cuando me haces reír
Olé por tus ganas de vivir
Olé por esos momentos
que solo tú y yo sabemos
Olé si me acuerdo de ti
y en algún lugar te echo de menos.

Olé por ser mi inspiración
Olé que ole por darme en la hoz
Olé por esos versos que te escribo
y que hablan de lo que siento
Olé por darme guerra
porque el tiempo contigo ha valido la pena

Olé porque me gustas así
Olé por lo que crees
por lo que quieres
porque te fías de mí.
Ole porque siempre estás ahí
Ole porque me moría por verte
y tú te morías por mí.

Olé por cuando te conocí
Olé por creer a que no que no
y al final a todo que sí
Olé cada vez que pienso en ti
Olé porque me sale, porque me late
porque me da por ahí.

Olé por tus besos, por tu lengua
Olé por girarme la cabeza
Olé por la vida, por la gente
que se quiere y sabe querer
Olé por lo que venga
lo que pasó pasó y en la memoria queda.

Cuando quiero tú no quieres
Cuando tengo tú no tienes
Cuando soy que tú no eres
Cuando veo tú no ves

Parece que sí pero no
Parece que no pero sí.

En fin, ¿en qué quedamos?
¿O si o no?

Si yo puedo tú no puedes
Si te cuento tú no entiendes
Si me paro tú te mueves
Yo sentado y tú de pie.

Parece que sí pero no
Parece que no pero sí.

En fin, ¿en qué quedamos?
¿O si o no?

Parece que sí pero no
Parece que no pero sí.

En fin, ¿en qué quedamos?
¿O si o no?

Basicamente "Olé por como eres..."

segunda-feira, maio 19, 2008

como um caco :(

hoje foi um dos piores dias da minha vida, e talvez o pior...
desabafei a pensar que me ia sentir melhor mas afinal não, sinto-me um caco, algo sem valor para ninguém nem para nada
e o pior ainda foi saber que consegui magoar a minha melhor amiga, quando a intensão é vêr esta pessoa tão especial feliz...
:(
desculpa-me

sexta-feira, abril 25, 2008

25 de Abril...

Hoje não tenho muito para escrver. Apenas quero deixar aqui uma pequena mensagem.
Hoje, 25 de Abril, esta magnífica data festejada pelo nosso país, é o dia do teu aniversário e a vida seria mais fácil, para mim e não só, se ainda te encontrasses entre nós... :(



Não há um ano que passe em que eu consiga estar contente todo o dia durante o 25 de Abril, lembro-m sempre de ti, avô. Mais uma vez digo, "Fazes falta".

domingo, abril 20, 2008

Déjame Vivir



Déjame Vivir - Jarabe de Palo con La Mari de Chambao

Déjame vivir
Libre
Como las palomas
Que anidan en mi ventana
Mi compañía
Cada vez que tú te vas.

Déjame vivir
Libre
Libre como el aire
Me enseñaste a volar
Y ahora
Me cortas las alas.

Y volver a ser yo mismo
Y que tú vuelvas a ser tú
Libre
Libre como el aire

Déjame vivir
Libre
Pero a mi manera
Y volver a respirar
De ese aire
Que me vuelve a la vida
Pero a mi manera.

Y volver a ser yo mismo
Y que tú vuelvas a ser tú
Libre
Pero a tu manera

Y volver a ser yo mismo
Y que tú vuelvas a ser tú
Libre
Libre como el aire.

p.s. Tu entendes ;)

quarta-feira, março 19, 2008

Avisa A Tu Madre

"Avisa A Tu Madre" - Jarabe de Palo (Com Carlos Tarque)


Un día cualquiera, vengo a buscarte
Dile a tu chico, que vas a dejarle
Coge tus cosas, escribe una nota
De despedida.

Cuelga tu vida de niña bien
Quema tu agenda y tu ropa elegante
Dile a tu madre que no te espere
Despierta esa noche.

Lo que tengo para ti
No son promesas ni historias de esas
Con carrozas, con princesas
Que te cuentan por ahí.

Olvida tus planes, tu mundo feliz
La cuenta corriente, tu vida sin ti
Voy a robarte, un día cualquiera
Nos vamos de viaje.

Prueba a probarme, te vas a reír
Haré lo que nadie antes hizo por ti
No me preguntes, avisa a tu madre
Y escribe esa nota.

Lo que tengo para ti
No son promesas ni historias de esas
Con carrozas, con princesas
Que te cuentan por ahí.
Lo que tengo para ti
Es algo que juntos vamos a escribir
Yo contigo, tú conmigo
Adelantando… adelantando

Dile a tu madre que vas a secarte
Dile a tu novio que vas a dejarle
Dile a tu jefe hasta el año que viene
Dile a tu padre que voy a robarte.
Dile a tu madre que vas a largarte
Dile a tu novio que te equivocaste

A tus amigas que encontraste a alguien
Que extrañamente no quiere comprarte

No quiero comprarte!


Tudo isto só pra voltar a dizer ques isto sim, é música e este homem é um SENHOR da música...

segunda-feira, março 10, 2008

Sale a escena

Clip e letra da música dedicada a todos os que sofreram nesta data, neste local...



"Sale a Escena" - Jarabe de Palo

Sale a escena un tipo que da pena.
elegante,aparente, como seguro de si mismo
un mentiroso con estilo, recitando prometiendo
moviendo los brazos como un espantapajaros
es politicamente correcto, un tramposo un payaso.
al rato el cuento se acaba y lo que ha dicho no ha servido para nada

Sale a escena un charlatan , que persigue la noticia
le gusta ser el artista, sentirse protagonista
el numero uno, el rey de la pista
la informacion no es importante pero si los titulares,
guerra violencia y muerte, vende
amor esperanza y verdad no vende
no se vayan todavia que aun hay mas
volvemos despues de la publicidad

el teatro esta al completo va a empezar otra funcion
el publico espera que le den la medicina
hoy la gente esta impaciente se levantara el telon
realidad y ficcion estan mas cerca cada dia...

sale a escena un televisor
contra el arte , la cultura,
la inteligencia la literatura
teleadiccion , manipulacion
too much information
mecanismo de control contra la comunicacion
venta de ideologias contra las ideas propias
telebasura contra la cultura
fiesta sensacionalista con actores de segunda fila
la caja tonta, dicen
sale a escena una persona
joven, mujer
son las siete treinta de la mañana
del once de marzo de 2004
estacion de atocha , madrid

catorce de julio del sesenta y nueve
diez de diciembre del setenta y uno
dieciseis de octubre del ochenta y tres
veintinueve de junio del ochenta y siete
veinticinco de febrero del noventa y quatro
doce de octubre del dos mil y uno

quarta-feira, março 05, 2008

amigos



O meu amigo e eu contamos um ao outro
todas as nossas preocupações.
Muitas vezes, nada há a fazer
para as resolver;
porém, o saber
que estamos lá, um para o outro,
prontos a ouvir,
é toda a ajuda de que precisamos.


Linda Macfarlane, N. 1953
Haverá livro com mais significado que este?
bjinhus e brigado miga... gosto-t

quinta-feira, fevereiro 14, 2008

Faz hoje 2 anos =)

Neste dia, por uns o tão aclamado Dia dos Namorados (inteiramente comercial, pois dia dos namorados é sempre, para ques os tem), faz precisamente dois anos em que conheci alguém tão especial com a qual criei uma amizade deveras fantástica...
Não vou repetir o que já foi dito, num post um ano mais velho que este, mas o dito "S. Valentim" não ajudou em nada.
Mas verdade seja dita, prefiro ter a tua amizade na minha vida a não ter nada ;)

"Conheço tão bem esses olhos
e nunca me enganam,
o que é que aconteceu, diz lá
é que hoje fiz um amigo
e coisa mais preciosa no mundo não há."
Sérgio Godinho - Com um brilhozinho nos olhos
Bjinhus miga, gosto-t
p.s. bom trabalho.

sábado, fevereiro 02, 2008

Perfeito? Nunca o querem perfeito!

Chega de mails femininistas a dizer o que é o Homem perfeito e que a mulher quer o Homem ou assim ou assado, a dizer que o Homem perfeito não existe... BAH , a mulher nunca quer o Homem perfeito, ela procura por ele mas depois de o ter ou de o encontrar, nunca o quer.
São tudo balelas, da mais pura e triste mentira que por aí circula.
Este post não foi escrito para deitar esses mails a baixo, nem pensar, começou com outro intuito mas aproveitei para mandar a boca, já que muita merda circula pelos mails e não são verdades.
Eu digo o que é o Homem que a mulher quer, ela tem que gostar dele e depois levar com os pés várias vezes, ter discussões, e cá vem um beijito. Jantar fora, raramente, ela que cozinhe e ele nada faça… essa é a pura verdade, pois o Homem que faz as vontades, surpresas e que está lá sempre ao seu lado… pouco tempo continua ao seu lado, pois acaba sempre por levar com os pés.


Qué bien que al fin dejamos de ser dos buenos amigos
el amor nos volvió completos desconocidos
y descubrimos que éramos totalmente distintos
empezar de nuevo a pesar del tiempo vivido.
Me cansé de ser,
tu hermano mayor,
tu mejor amigo,
tu socio, tu confesor.
Me cansé de ser
experto en el amor
que sentías por otros
otros que no eran yo.
Aqui fica um pouco de uma música que já se encontra neste blog ;)

quinta-feira, dezembro 27, 2007

o meu sonho

Ah! Sabe bem ver este lindo nascer do sol ao fim de uma noite tão trabalhosa. Deitado na minha rede amarela, que a minha mana me trouxe do Brasil, estendida no meu alpendre de madeira mesmo virado para esta praia de areia branca. A contemplar tanta beleza junta, sol, praia e mar, os meus olhos começam a pesar e a cerrar.
Adormeço. Um “bip”, um tanto ou quanto irritante, não me deixa continuar a dormir… acordo. Cá estou eu, de volta à vida universitária, e à minha rotina de monotonia…
Bebi demais, a noite passada foi diversão mas agora custa, dói-me a cabeça e pesa. Não me quero levantar, muito menos sair da cama, mas tem de ser, aulas e trabalhos, compromissos e obrigações forçam-me a tal. Banho de água fria, pequeno almoço e rumo à universidade. Ponho-me a pensar e noto que falta algo, o caminho tá a ser custoso de fazer um tanto ou quanto de “ambiente pesado” por assim dizer… música é claro, faltava-me a música. Ponho os phones nos ouvidos e tudo passa, uma redoma de cores, cheia de paz e sossego protege-me de tudo o resto. Começo a deambular por aí sem preocupações nem obrigações (tudo graças à música, Jarabe de Palo está claro). Cheguei, edifícios grandes e populosos, é aqui sem dúvida.
Aulas, cá vou eu (dor de cabeça, ainda é da ressaca). Espero pelo prof, ele chega e entramos, quero ficar o mais longe possível para não se ver esta fronha ressacada, mas não dá. Somo meia dúzia de alunos consigo ficar na segunda fila, melhor que nada, sempre tenho alguém que me tape. “Blá, blá, blá. Blá, blá, blá.” é a única coisa que entendo e quando dou por mim já nem ouço nada. Nem a aula acabou, nem o prof se calou e eu também não estou distraído… digamos que ausente, sim ausente é a palavra apropriada (ainda penso no meu sonho). Eu olho em frente como que se atento estivesse:
- cotovelo em cima da mesa? Comfirma;
- palma da mão aberta? Sim;
- queixo apoiado na mão? Afirmativo;
- olhos abertos?...;
- olhos abertos? Negativo.
Adormeci. Bah, telemóvel toca, já não bastava acordar com o seu “bip” irritante, também tinha que tocar agora…
Com grande custo abro os olhos (tanta luz até cega), não deparei com o prof nem ele me repreendeu… não. É o sol. Tá lá alto, é hora de acordar e pensar em ir trabalhar. Deixo a minha rede e aquele pesadelo e vou pra praia, tá na hora de abrir o bar e deixar os sonhos prós outros…


p.s. sonho dentro de um sonho, o que significa? Nem me interessa saber, apenas quero “o meu sonho”.

domingo, dezembro 09, 2007

Letras e rítmos, de partídas e chegadas, sentimentos e vontades...

Não vejo o dia de sair daqui, de quebrar esta rotina mortífera (mata-me de tédio). Quero largar tudo e fugir daqui, e ao mesmo tempo levar tudo, os meus amigos, atrás de mim e partir para o Mundo com a minha mochila. Só e ao mesmo tempo acompanhado, quero partir.
Quanto mais penso nisto pior, e ao mesmo tempo melhor =P, ajuda-me a ter alguma esperança e vontade de continuar...
Claro está que mais uma vez, quem me conhece sabe bem disso, que tudo isto é escrito ao som da "minha" múscia... esta "coisa" tem poder magnífico, consegue por um sorriso na cara mesmo quando não tenho vontade nenhuma com sua letra e rítmo, por vezes um mais que o outro, mas o que importa é que o faça :D

"Hoy me siento mal
pero quiero estar bien
tengo una mala mañana
y no sé muy bien por qué
pero aunque empecé mal
hoy podría ser mi día."
Voy a llevármela leve - Jarabe de Palo
"Mi diario personal
tan pequeño y tan legal
donde viven los recuerdos
que me ayudan a vivir."
Mi diario personal - Jarabe de Palo
Resumindo e concluindo grande parte da minha vontade de seguir em frente é devido, em grande parte, ás músicas deste "GRANDE SENHOR" que me dão grandes lições de vida. E estas músicas são algumas delas, por muito mal que o dia comece poderá sempre ser o "meu" dia, e tá claro que as nossas recordações também nos ajudam a viver... :D


P.S. A minha ideia inicial de post foi alterando consuante as músicas iam passando xD

sexta-feira, outubro 26, 2007

Canção Simples

Canção Simples - Tiago Bettencourt & Mantha

Há qualquer coisa de leve na tua mão,
Qualquer coisa que aquece o coração.
Há qualquer coisa quente quando estás,
Qualquer coisa que prende e nos desfaz.

Fazes muito mais que o sol.
Fazes muito mais que o sol.

A forma dos teus braços sobre os meus,
O tempo dos meus olhos sobre os teus.
Desço nos teus ombros para provar
Tudo o que pediste para levar.

Fazes muito mais que o sol.
Fazes muito mais que o sol.
Fazes muito mais que o sol.
Fazes muito mais...

Tens os raios fortes a queimar
Todo o gelo frio que construí.
Entras no meu sangue devagar
E eu a transbordar dentro de ti.

Tens os raios brancos como um rio,
Sou quem sai do escuro para te ver,
Tens os raios puros no luar,
Sou quem grita fundo para te ter.

Fazes muito mais que o sol.
Fazes muito mais que o sol.
Fazes muito mais que o sol.
Fazes muito mais...

Quero ver as cores que tu vês
Para saber a dança que tu és.
Quero ser do vento que te faz.
Quero ser do espaço onde estás.

Deixa ser tão leve a tua mão,
Para ser tão simples a canção.
Deixa ser das flores o respirar
Para ser mais fácil te encontrar.

Fazes muito mais que o sol.
Fazes muito mais que o sol.
Fazes muito mais que o sol.
Fazes muito mais...

Vem quebrar o medo, vem.
Saber se há depois
E sentir que somos dois,
Mas que juntos somos mais.

Quero ser razão para seres maior.
Quero te oferecer o meu melhor.
Quero ser razão para seres maior.
Quero te oferecer o meu melhor.

Fazes muito mais que o sol.
Fazes muito mais que o sol.
Fazes muito mais que o sol.
Fazes muito mais que o sol.

quinta-feira, outubro 18, 2007

Batas Brancas

Batas Brancas - João Gil (Filarmónica Gil)

Eu só quero
Eu só quero
Eu só quero ver o mar

Será que é azul ou lilás
Verde ou mesmo amarelo
Para mim tanto me faz
Quem me dera ver o mar!

Eu daqui
Eu daqui
Eu daqui só vejo a serra

As ortigas e os pinheiros
A caruma e a geada
Trazem sempre os marinheiros
Quem me dera ver o mar!

Vou a Espanha
Vou a Espanha
Vou a Espanha e volto já

Subo à lua a navegar
A Belmonte a Penamacor
Montado no meu olhar
Quem me dera ver o mar!

A saltitar
A delirar
A imaginar
A marear
A enjoar
A bolinar
A bugiar
A mourejar

Volto sempre ao meu pensar
Quem me dera ver o mar!

E esta gente
E esta gente
E esta gente que aqui vem

Vestida de bata branca
ó da guarda ó da guarda

Coração de anjo não tranca
Fazem com que eu possa um dia
Finalmente ver o mar!


ai ai, ao fim desta noitada a fazer um trabalho que mal entendo, até apetece mesmo ver o mar...
vou continuar a dar no duro, apreciem a letra, enquanto que eu trabalho e aprecio a música =)

domingo, outubro 07, 2007

Limón y Sal

Porque toda a gente e tudo é especial e muito melhor quando são o que são e não o que os outros querem....





"Lymón y Sal" - Julieta Venegas

Tengo que confesar que a veces
no me gusta tu forma de ser
luego te me desapareces y no entiendo muy bien por qué
no dices nada romántico cuando llega el atardecer te pones de un humor extraño con cada luna llena al mes.

Pero a a todo lo demás le gana lo bueno que me das sólo tenerte cerca siento que vuelvo a empezar.

Yo te quiero con limón y sal, yo te quiero tal y como estás,
no hace falta cambiarte nada,
yo te quiero si vienes o si vas,
si subes y bajas yno estás seguro de lo que sientes.

Tengo que confesarte ahora
unca creí en la felicidad
a veces algo se le parece, pero
es pura casualidad.

Luego me vengo a encontrar con tus ojos y me dan algo más
solo tenerte cerca siento
que vuelvo a empezar.

Solo tenerte cerca
siento que vuelvo a empezar...

sexta-feira, agosto 31, 2007

Bácances in Caldelas =P

Férias bem boas!

Dias de descanso, há já muito, merecidos;
BIDONS de SANGRIA á "fartazana";
Companhia fantástica (poucos mas bons);
Férias a repetir.

Foram fantásticas e merecem ser repetidas, nunca vão ser iguais, mas aí é que está o prazer e beleza toda. Os bons momentos merecem, apenas, ser recordados e nunca repetidos, a sua verdadeira beleza é essa.
=)

Adorei e agora acabou-se :(


Aqui fica algo que aprendi "L’acqua fa male e il vino fa cantare", veio apenas reforçar algo que eu já dizia "a água faz mal" =P

terça-feira, agosto 14, 2007

Sete factos da vida (minha vida)

1 - Ouvir música constantemente. É algo sem o qual não posso passar o meu dia, passo grande parte do dia a ouvir música, principalmente o grande Jarabe de Palo :)

2 - Num há um dia que passe em que eu não me lembre dos meus amigos e amigas, pois sem eles nem vale a pena pensar na vida.

3 - Tou farto desta vida rotineira... acho que já deu pra entender pelo resto do blog.

4 - Estas férias tão a ser uma seca, já não chegava o resto do ano ter corrido mal :(

5 - Adoro desenhar, é o meu mundo à parte de tudo o resto (se bem que ultimamente nem pego numa folha)

6 - Adoro passear pela minha cidade, de preferencia acompanhada, se não for possivel, bem, diambulo por ela com os meus "phones" nos ouvidos a ouvir boa música :P

7 - Um facto que vai ser constatado, pode não ser brevemente mas vai. A minha vidinha vai ser feita numa linda terra, com o meu negocio. Sim vou deixar tudo pra tras, tenho varias "coisas" que me prendem cá mas não me faz bem, quero o meu sonho de vida :P
Corralejo aí vou eu!!!! :D


Agora tenho que desafiar mais sete pessoas, já que o desafio é escrever sete factos da vida e desafiar sete pessoas...
Vou ver se as arranjo.
Quem ler isto pode também fazer o mesmo.

sexta-feira, agosto 10, 2007

necessito, procuro, preciso... acho eu :s

Procuro encontrar-me, necessito encontrar-me. Procuro um lugar onde possa tar em paz onde possa por as ideias em dia, tou fora de mim, não só hoje mas já à muito, tou fora de tudo. Procuro algo a que possa chamar de “Lar”(é bom deixar claro que “Lar” é onde nos sentimos bem, onde estamos completos, por assim dizer, e não o mesmo local ao qual se chama de “Casa”, são coisas distintas por vezes confundidas).
Parece que não pertenço aqui, sempre com uma inconstante incerteza e um desassossego em relação ao que faço e porque o faço. Sinto-me deslocado.
Necessito e preciso de dormir, dizem que faz bem. Perdemos grande parte da nossa vida a faze-lo, mas quem sabe pode ser que eu só precise de dormir e isto passa-me. Eu não acredito, se fosse só isso já tinha recuperado, as noites passadas em branco deixam-me cansado mas não desassossegado…
Preciso de fazer algo que acabe com esta rotina à qual me vejo preso e me sinto impotente perante ela quando a quero quebrar... Maldita sejas, depois de presos a ti parece impossível quebrar-te… Mas vou conseguir
Para já contento-me com um lugar especial onde possa por as minhas ideias em dia. Nem sei que faça, há quem tenha razão no que me diz, mas já cansei de “procurar” e de sofrer tá na hora de tentar dedicar-me um pouco mais a mim e somente a mim… Chamem-me egoísta ou lá o que quiserem mas não consigo pensar em nada melhor agora, nem sei o porquê de escrever isto, talvez devido à minha linda citação de sempre “A minha via é como um livro aberto. Querem saber, perguntem!”, no entanto ninguém perguntou nada e cá tou eu a escrever.


BAAAHHHH!!!!



“Hoy no he escrito nada
en mi diario personal
no había nada personal
que escribir en mi diario
y entre páginas en blanco
no he sabido que escribir
nada que decir.”
Jarabe de Palo


Eu não tive nada para escrever durante muito tempo, mas hoje lá escrevi um pouco. Ao menos as suas músicas ajudam-me a passar o tempo, não fazem milagres, mas ajudam…

terça-feira, julho 31, 2007

Jarabe de Palo y Julieta Venegas – El listón de tu pelo

Me muerdo los labios al no poderte besar,
Mi piel se estremece al no poderte tocar,
Hoy porfín esta noche estarás junto a mí,
Olvida la vanidad,
El orgullo déjalo afuera
Que esta noche sensual y bohemia
Es por la ansiedad de que estés junto a mí

Olvida la vanidad, y el orgullo déjalo afuera
Y tus labios se entreabrieron para decirme deseo y te quiero

Suelta el listón de mi pelo,
Desvanece el vestido sobre mi cuerpo
Y acércate a mí,
Beberás el perfume de mi piel
Deslizando una rosa sobre mi cuerpo,
Provocando amor

Apagaré la luz, no puedo esperar más,
Aprenderé de tí hasta el final
Provocándome mis labios, hazme tuya
Estoy impaciente de ti,
De tu sensualidad que siempre callé

Suelta el listón de mí pelo,
Desvanece el vestido sobre mi cuerpo
Y acércate a mí,
Beberás el perfume de mi piel
Deslizando una rosa sobre mi cuerpo,
Provocando amor

Aha ah ah...(x7)

Suelta el listón de mí pelo,
Desvanece el vestido sobre mi cuerpo
Y acércate a mí,
Beberás el perfume de mi piel
Deslizando una rosa sobre mi cuerpo,
Provocando amor

El listón de tu pelo,
El perfume de tu piel,
Una rosa en tu cuerpo,
Uhhhh.....

El listón de tu pelo,
Ahhh ahhhh...
Y decir que te quiero,
Uhhhh....

--------e agora em Português-------------

Mordo meus lábios ao não poder beijar-te
Minha pele estremece ao não poder tocar-te
Hoje por fim esta noite estarás junto de mim
Esquece a vaidade,
O orgulho deixa-o fora
Que esta noite sensual e boémia
É pela ansiedade de que estejas junto de mim

Esqueçe a vaidade, o orgulho deixa-o fora
E teus lábios se entre abriram para me dizer desejo e quero-te

Afrouxa a arrumação do meu cabelo
Desaparece o vestido
Sobre meu corpo
E aproxima-te de mim
Beberás o perfume da minha pele
Deslizando uma rosa sobre meu corpo
Provocando amor

Apaga a luz, não posso esperar mais
Prender-te-ei até o final
Provoca meus lábios faz-me tua
Estou impaciente de ti,
Da tua sensualidade que sempre calei

Afrouxa a arrumação do meu cabelo
Desaparece o vestido sobre meu corpo
E aproxima-te de mim
Beberás o perfume da minha pele
Deslizando uma rosa sobre meu corpo
Provocando amor

Aha ah ah...(x7)

Afrouxa a arrumação do meu cabelo
Desaparece o vestido sobre meu corpo
E aproxima-te de mim
Beberás o perfume da minha pele
Deslizando uma rosa sobre meu corpo
Provocando amor

A arrumação do teu cabelo
O perfume da tua pele
Uma rosa em teu corpo
Uhu uh uh

A arrumação do teu cabelo
Ahhh ahhhh...
E dizer que te quero
Uhhhh....

domingo, julho 22, 2007

E lá me virei pro Voodoo!!!

Cá está ele, o meu boneco Voodoo, é dito, sobre este boneco, que se eu tenho uma ideia ou um projecto ele me ajudará a realizá-lo...
É bem bom se assim for, pois o meu projecto é intitulado "projecto de vida" :P
"Fuerteventura cada vez más cerca!!!"

quinta-feira, junho 21, 2007

Verão...

E começa o Verão...

Começa o Verão e eu por cá, com este tempo incerto, ora temos chuva ora vem sol. Eu por cá no "nosso" Portugal com este tempo e com esta vista...


Mas que faço eu aqui????



Tipo...estava muito melhor aqui. Mas pouco falta, quem sabe o próximo Verão já começa por lá (Corralejo)...

:)

segunda-feira, junho 11, 2007

Tindaya

Se realmente tens os poders mágicos, que dizem que tens, então acho bem que devo acreditar... mas também espero que os uses e faças com que eu te veja ao vivo rapidamente, e como "pseudo"geólogo que sou, quero fazer uma caminhada e sentir-te
:D

Por isso digo "Tindaya, até breve!!!"

p.s. quero muito, mesmo muito.

quinta-feira, junho 07, 2007

Menos que un amor, más que un amigo

Qué bien que al fin dejamos de ser dos buenos amigos
el amor nos volvió completos desconocidos
y descubrimos que éramos totalmente distintos
empezar de nuevo a pesar del tiempo vivido.

Me cansé de ser,
tu hermano mayor,
tu mejor amigo,
tu socio, tu confesor.

Me cansé de ser
experto en el amor
que sentías por otros
otros que no eran yo.

Empezar a querer como nunca había querido
descubrir una parte de ti que no había conocido
y encontrar otro mundo ahí detrás que
... me habías escondido
y jugar a esos juegos que tu me tenías prohibidos.

Me cansé de ser...

Me cansé de hacer
de sabio profesor
de contarte historias
que no me creía ni yo.

Me cansé de poner
cara de comprender
de darte consejos
y de no decirte que yo...

Me cansé de hablar de amor y de no hacerlo contigo
me cansé de recoger lo que sobraba de tus líos
de no ser el que cada noche te quitaba el vestido
me cansé ser menos que un amor,
... y más que un amigo




claro está que me estou a sentir como merda...
quanto pior estou, mais merdas aparecem e depois dá no que dá :(
...
...

sexta-feira, maio 04, 2007

Mais do que "qualquer coisita"

A pedido de um comentário no post anterior resolvi escrever algo mais do que "qualquer coisita"...

Isto já seria o suficiente, mas vou continuar :P


De momento deparo-me com um dilêma, pois SÓ preciso de coragem para dar um passo em frente para concretizar um sonho da vida, para ter "um sonho de vida". Dificil será ter o apoio de certos membros da família, sei que será um choque para alguns e que tentarão dissuadir-me de tal ideia e projecto...

Mas digam lá, sinceramente, se tivessem a hipótese de terem uma vida calma com dinheiro pro dia-a-dia e sem grandes preocupações, a meio do mês despesas todas pagas e o resto era dinheiro pra juntar, tinham a coragem pra dar tal paço ou não?

E depois este por do sol magnífico todos os dias....


Sem mais nada de momento.....

SIMPLESMENTE MAGNÍFICO :D

quarta-feira, abril 18, 2007

Sentimentos de revolta!

Como não podia deixar de ser, no momento em que mais necessito do meu pc este tende em abandonar-me. Maldita trovoada que por aqui passou ontem à tarde, não deu tempo para eu o desligar, mandou logo tudo abaixo... Como se não fosse suficiente voltou a queimar o dito cujo :(
Nem sei que faça...

sexta-feira, abril 13, 2007

Passatempo =P

Cá está o meu passatempo favorito, onde me encontro (auto)retratado

Pode-se dizer que é de quem não tem mais nada para fazer, mas é mentira, mas claro que tenho outras coisas com que ocupar o tempo, mas quando estou a desenhar é porque preciso mesmo de o fazer.
Liberto-me e saio deste Mundo por um pouco de tempo, ficando ausente e alheio ao meio... xD

E vocês, têm algum passatempo que faça o mesmo por vocês?

sexta-feira, março 30, 2007

Volta...

Tu foste e uns ficaram,
continuas-te fora e eles por cá andavam.
Foram,
e voltaram mas tu,
continuas longe...
Tornam a partir para
mais uma vez voltarem
(graças ao nosso maravilhoso Enterro da Gata)
e logo de seguida retomar rumo
para outros lados...

Exames feitos e retornam
ao doce e eterno
Portugal!
E só depois de tudo isto
te volto a ver
abraçar e beijar,
só depois de tudo isto
voltaremos a estar juntos.........





volta mana :'(

segunda-feira, março 19, 2007

Ni ryari izuba, Rizagaruka, Hejuru yacu, Ni nd' uzaricyeza ricyeza.

Ni ryari izuba, Rizagaruka, Hejuru yacu,
Ni nd' uzaricyeza ricyeza.




(Quando é que o sol retornará acima de nós?
Quem nos o revelará uma outra vez?)

Mais um grande filme que recomendo a todos...

segunda-feira, fevereiro 26, 2007

simples

E dizia eu que era impossível escrever algo sem inspiração. Sem nada para dizer e cá estou eu , a escrever. Ironia...
É bem certo, o peixe morre pela boca.
O mais engraçado de tudo é que me sinto incomodado, ou até melhor dizendo, em dúvida pelo que disse. Será isto inspiração? Será somente a minha vontade de por algo no meu blog, visto que este se encontra inactivo à já algum tempo?

É só um simples texto e nada mais, mas é na maior simplicidade que se conhece a verdadeira natureza de qualquer ser... e não há beleza maior que a verdadeira beleza da simplicidade...


p.s. FORÇA BRAGA!!!

terça-feira, fevereiro 13, 2007

1º Aniversário...de uma bela amizade

Porque a nossa amizade é mais que tudo para mim não podia deixar que este dia passa-se em branco no meu blog, embora tenha pouca inspiração, a verdade é que algo tem que ser dito.
Faz hoje exactamente um ano que nos conhece-mos, merda de dia para nos conhecer-mos logo mais um dia inteiramente comercial ao qual decidiram chamar Dia dos Namorados. Até podia ser que por nos conhecer-mos neste dia, o dito "S. Valentim" puxa-se uns cordelinhos para o nosso lado, sendo nós tão parecidos, darmo-nos tão bem, ter o respeito mútuo que temos um pelo outro…
E isso ajudou? Não, acho que é um mau dia para conhecer alguém novo, penso que quando se conhece alguém neste dia o “Cúpido” não ajuda em nada… :(
Mas também esse não é o assunto sobre o qual devo falar hoje, devo sim é dizer o quanto te adoro, o quanto te respeito, o quanto a tua amizade é importante para mim e o quanto preciso de ti, pois tu ajudas-me e muito. (Não, minha gente, não, isto não é um reclame ao Quanto é só uma libertação e revelação de sentimentos :P)

Miga, gosto muito de ti, queria por aqui um desenho relacionado com este dia, mas o único que tenho novo para por não é propicio para tal, embora seja ele destinado a ti ;)


P.S. já agora cliquem aqui e visitem o blog da melhor miga do mundo, que eu posso ter… :)
agora que editei o texto depois do teu post, mal cliquem, vai direitinho ao post ;)

terça-feira, fevereiro 06, 2007

Saida...

Anseio pela saída, pela saída desta terra que tanto amo e quero, onde sofro. Sempre com uma rotina que eu contorno tentando quebrar o seu ritmo constante... aaaahh malditas rotinas, não vos suporto. Eu tenho vontade própria, caminho na direcção que quero, com o sentido que quero e para onde me apetece. Vou ter que te suportar por mais uns tempos, seja pouco ou muito não me vais fazer mudar de ideias (ai não não), cada vez mais vou lutar contra ti, os meus dias iram todos ter um início diferente, tentarei não repetir os caminhos por onde passo, se o fizer não serão calcadas as mesmas pedras.... e comer a mesma comida a um dia concreto da semana? Pois bem, podes dizer-lhe adeus também, frango todas as sextas na cantina, ou todas as quartas quando se lembravam só para te quebrar...pois bem diz-lhe "Adeus!!!", maldita rotina. E agora "O Canudo", para que é que eu te quero? Para dizer "olhem eu tenho um canudo, formei-me nisto ou naquilo"??? AAH merda também para ti, desampara-me a loja (ABAIXO OS CANUDOS) No final do curso uma coisa é garantida, pagamos cerca de 150€ (os nossos bons 30 contos) por um bocado de papel que supostamente nos daria emprego e afinal é bom para....(usem a vossa imaginação ;) ihih)

Tudo isto para chegar à brilhante conclusão que eu estou a tentar obter um "Canudo" que não me dá felicidade nenhuma, o que me dará felicidade é sim "Aquele sítio" (um dos meus post's)

Como disseste tu, melhor amiga, "reza para irmos embora daqui para bem longe"
Acredita que rezo, e acredita também que havemos de ir para bem longe ;)


Aqui está um bom sítio para o qual eu me poderia mudar :D

sábado, janeiro 20, 2007

Desenho de Deus

Desenho de Deus - Armandinho

Quando Deus te desenhou ele tava namorando
Quando Deus te desenhou ele tava namorando
Na beira do mar
Na beira do mar do amor
Na beira do mar
Na beira do mar do amor
Quando Deus te desenhou ele tava namorando
Quando Deus te desenhou ele tava namorando
Na beira do mar
Na beira do mar do amor
Na beira do mar
Na beira do mar do amor
Papai do céu na hora de fazer você
Ele deve ter caprichado pra valer
Botou muita pureza no seu coração
e a sua humildade fez chamar minha atenção
tirou a sua voz do própolis do mel
e o teu sorriso lindo de algum lugar do céu
e o resto deve ser beleza exterior
mas o que tem por dentro para mim tem mais valor
Quando Deus te desenhou ele tava namorando
Quando Deus te desenhou ele tava namorando
Na beira do mar
Na beira do mar do amor
Na beira do mar
Na beira do mar do amor
Papai do céu na hora de fazer você
Ele deve ter caprichado pra valer
Botou muita pureza no seu coração
e a sua humildade fez chamar minha atenção
Da estrela mais bonita o brilho desse olhar
Diamante verdadeiro sua palavra foi buscar
e o resto deve ser beleza exterior
mas o que tem por dentro para mim tem mais valor
Quando Deus te desenhou ele tava namorando
Quando Deus te desenhou ele tava namorando
Na beira do mar
Na beira do mar do amor
Na beira do mar
Na beira do mar do amor

Uma letra bem bonita, e dedico a música a quem me a enviou =)
a minha maninha, gémea que tá no Brasil, bem longe de mim :(

terça-feira, janeiro 16, 2007

Penso...

Adoro estar contigo, sentir-te, abraçar-te, beijar-te, ter-te...
Tudo isto, enquanto não te tenho...

Estranha sensação, a de te ter e ao mesmo tempo não ter. (Ai vida, como és dura, só me fazes sofrer)
Eu sei que não me pertences, e muito menos teu coração...
Estás tão dedicada a entrega-lo a alguém, que te nega a existência e não dá valor à tua presença, alguém que não faz por ti o que tu fazes por mim e o que eu faço por ti...
Tu, tratas-me de maneira diferente, lembras-te de mim, dás-me valor, tratas de mim, tudo coisas que adoro, que eu também faço por ti e que nos ligam, mas também que me fazem sofrer...

Existe uma frase que diz o seguinte "Tão longe e tão perto." no entanto, para mim (nós) aplica-se outra "Tão perto e tão longe."

p.s. temos mas é que estudar que se não, nada feito :s

segunda-feira, janeiro 01, 2007

mala suerte...

E dizia eu que pior que 2006 era impossível...
2007 mal começou e já me encontrava eu enterrado, mesmo lá no fundo... quanto mais importantes são as pessoas, para mim, mais elas me magoam e parec que não se importam :(

Tenho muita pena que assim seja, mas ao que já sofri, não vai ser mais um ano que vai fazer a diferença... por muito mau que seja, a diferença é pouca...
:(

Só, novamente só


p.s. um pouco de respeito, é tudo o que peço

quarta-feira, dezembro 27, 2006

Download!!!

"Faz-me um download!!!"
Esta vai ser uma frase muito utilizada d agora em diante, sério, tem um significado potente....
Sim porque agora chamam-lhe download :o

p.s. quem não souber que recolha informações ;)

quarta-feira, dezembro 20, 2006

Manias

"Cada bloguista participante tem de enunciar cinco manias suas, hábitos muito pessoais que os diferenciem do comum dos mortais. E além de dar ao público conhecimento dessas particularidades, tem de escolher cinco outros bloguistas para entrarem, igualmente, no jogo, não se esquecendo de deixar nos respectivos blogues aviso do "recrutamento". Ademais, cada participante deve reproduzir este "regulamento" no seu blogue."

O desafio foi-me proposto pela minha melhor amiga Monique Mendes (no seu blog "Visão interior, olhar exterior"
Cá vão as manias (não são as putas das manias, são mesmo só manias)

1- Mania de desenhar em vez de tar atento às aulas... (algumas aulas, quimica principalmente)
2- Mania que é vício (a Monique sabe bem) o meu mail é visto mais de 50 vezes por dia (e raramente há algo novo, é mm grande vício)
3- Mania de tomar um bom café, com os verdadeiros amigos no fim da janta (o café que se lixe, se é bom ou fraco não quero saber, a companhia é que me importa)
4- Mania de sair nas 5ªs à noite com os amigos, não intressa que grupo é desde que sejam os meus amigos (tenho vários grupos que não se juntam mas são meus amigos)
5- Mania de ser com sou e não ter medo de o mostrar!!!

Tal como eu fui desafiado, não custa nada vocês continuarem, se quiserem comentem somente aqui as vossas manias....

P.S. deculpem línguagem, mas gosto de por tudo nos termos correctos e correntes ;)

segunda-feira, dezembro 18, 2006

O que verdadeiramente quero!!!

Sinto que te tenho e por outras vezes que te perdi. :(
Embora estejemos sempre presentes um para o outro e ocupemos um lugar especial no coração do outro, sinto que estás longe...

Chama-me egoísta, e pode ser que tenhas razão, mas a única coisa que pesso é o seguinte:
"quero estar contigo num momento chamado sempre"



p.s. o mais provável é ser, novamente, o que eu sinto e não o que se passa. afinal de contas mais insparáveis do que nós não deve haver! ;)

terça-feira, dezembro 05, 2006

Prometeu... Abençoada seja a nossa Academia

Abençoada seja a nossa Academia, por tal divindade!
(não pensem que só porque ele está à entrada da nossa academia e por nos sentirmos abençoados por ele, que a vida vai ser fácil...)

Prometeu, titã grego, conhecido em todo o Mundo por ter roubado o fogo divino de Zeus para entregar ao homem (o seu preferido entre todos os animais), para que este se distingui-se de todos os animais com as suas evoluções. Sendo-lhe também atribuida a criação do homem.
Como castigo, de tal ousadia, Zeus ordenou que Hefesto o acorrentasse a um rochedo no topo do monte Cáucaso, onde todos os dias viria uma águia comer-lhe o fígado, sendo ele imortal, seu fígado regenerava-se... (olha lá, alguns de nós bem queriamos que o nosso se regenera-se) Esta punição deveria ter como total 30.000 anos.
Eventualmente, Prometeu, acabou por ser libertado d tal sofrimento por Hércules (para quem não sabe, é filho de Zeus), que havendo concluido suas doze tarefas se dedicou a aventuras. Para assegurar a libertação de Prometeu era necessário que este fose substituido por alguém, submetendo-se atal Quíron o centauro.

Prometeu representa também a vontade humana pelo conhecimento, a captura do fogo é a audácia humana pela busca de conhecimento e de o compartilhar. Tudo isto foi descrito neste poema, intitulado:



"Prometheus"
Encobre o teu céu, Zeus,
Com vapores de nuvens,
E, qual menino que decepa
A flor dos cardos,
Exercita-se em carvalhos e cristas de montes;
Mas a minha Terra
Hás-de me deixar,
E a minha cabana, que não construíste
E o meu lar,
cujo braseiro
Me invejas.

Nada mais pobre conheço
Sob o sol do que vòs, o Deuses!
Pobremente nutris
De tributos de sacrifícios
E hálitos de preces
A vossa majestade,
E morrerías de fome, se não fossem
Crianças e mendigos
Loucos cheios de esperança.

Quando era menino não sabia
Para onde havia de virar-me,
Voltava os olhos desgarrados
Para o Sol, como se lá houvesse
Ouvido para o meu queixume,
Coração como o meu
Que se compadecesse de minha angústia.

Quem me ajudou
Contra a insolência dos Titãs?
Quem me livrou da morte
Da escravidão?
Pois não foste tu que tudo acabaste,
Meu coração em fogo sagrado?
E jovem e bom, enganado
Ardias ao Deus que lá no céu dormia
Tuas graças de salvação?

Eu venerar-te? Por quê?
Aliviaste tu jamais as dores
do oprimido?
Enxugaste jamais as lágrimas
do angustiado?
Pois não me forjaram Homem
O tempo todo-poderoso
E o Destino eterno,
Meus senhores e teus?

Pensavas tu talvez
que eu havia de odiar a vida
E fugir para os desertos,
Lá porque nem todos
Os sonhos em flor frutificaram?

Pois aqui estou! Formando homens
À minha imagem,
Uma estirpe que a mim se assemelhe
Para sofrer, para chorar,
Para gozar e se alegrar,
E para não te respeitar,
Como eu!

(de Johann Wolfgang von Goethe, baseado na tradução de Carlos Bechtinger)

domingo, dezembro 03, 2006

Dia Intenacional do Deficiente

Hoje dia 3 de Dezembro celebra-se o Dia Internacional do Deficiente.
A associação portuguesa diz que não existem motivos para celebrar, visto que os entraves a estas pessoas na sociedade actual aumentaram...




Vistos então os problemas pelos quais eles passam e os quais nós preferimos pensar que nunca teremos, pesso "tenham respeito e não sejam indiferentes!"....

sexta-feira, novembro 24, 2006

Don't Worry, be Happy

Here's a little song i wrote,
you might want to sing it note for note,
don't worry, be happy

in every life we have some trouble,
when you worry you make it double
don't worry, be happy

don't worry be happy now
don't worry be happy
don't worry be happy
don't worry be happy
don't worry be happy
ain't got no place to lay your head,
somebody came and took your bed,
don't worry, be happy

the landlord say your rent is late,
he may have to litagate,
don't worry (small laugh) be happy,

look at me im happy,
don't worry, be happy

i give you my phone number,
when your worried, call me,
i make you happy

don't worry, be happy

ain't got no cash, ain't got no style,
ain't got no gal to make you smile
but don't worry, be happy

cos when you worry, your face will frown,
and that will bring everybody down,
so don't worry, be happy

don't worry, be happy now...

don't worry, be happy
don't worry, be happy
don't worry, be happy
don't worry, be happy

now there this song i wrote
i hope you you learned it note for note
like good little children

don't worry be happy

listen to what i say
in your life expect some trouble
when you worry you make it double
don't worry be happy
be happy now

don't worry, be happy
don't worry, be happy
don't worry, be happy
don't worry, be happy
don't worry
don't worry be happy
don't worry, don't worry, don't do it,
be happy,put a smile on your face,
don't bring everybody down like this

don't worry, it will soon pass whatever it is,
don't worry, be happy,
i'm not worried
Uma grande música nos seus tempos... e aplicável para toda a eternidade.
Tal como este homem será recordado para sempre!!!
Vá lá pessoal, não digo pra s esquecerem dos problemas (pq eu n o faço), mas pelo menos tentem ser felizes ;)
eu tou a tentar

sexta-feira, novembro 17, 2006

Vagueio...

E pronto lá tou eu novamente, eu não é mais o meu espirito a vaguear :(
Ao mesmo tempo que conheci gente maravilhosa e fantástica, com os quais me tenho divertido muito este ano, lá me sinto eu perdido. Perdido, assim me sinto, por vezes até mesmo sem rumo não sabendo para onde me virar e caminhar...
A solidão abafa-me e puxa-me para baixo com tanta força, que faz com que eu ceda mais depressa a esse sentimento horrível, que me tem vindo a preencher, do que à companhia maravilhosa e boa disposição dos meus amigos e amigas que lutam por mim, tentando tirar-me daquele lugar para onde sou diariamente arrastado.
Perdido naquela escuridão sem medo do que me possa acontecer, pois o pior já tá, fecho-me e isolo-me de tudo, de tudo e de todos. Não Fazendo nenhum barulho para que não me encontrem, vou-me habituando ao silêncio, solidão e ao breu que me rodeiam... (assim me sinto à já algum tempo, ultimamente tem vindo a ser pior)
Depois, de tanto tempo passado questiono-me, "Quem sou eu para os preocupar com os meus problemas?", após tanto tempo habituado ao silêncio, pensando que me estou questionando mentalmente, a minha boca emite a tal questão em voz alta. Ouviram-me, deram comigo e ouço algo como "És um amigo, e os amigos ajudam-se. Um dia eu a ti, outro dia tu a mim!!!"...

Começo a avistar uma luz tão forte que atrofia os meus olhos, já aqui estava à tanto tempo que eles quase se fecharam fazendo com que o que eu via fossem memórias ou então o que eu mais desejo, andei aqui tanto tempo enganado... nada disto se estava a passar realmente. Memórias perdidas, desejos a realizar, ah como fui enganado!!! Agora sim ganho forças, sinto que estão perto, os olhos querem-se fechar mas eu não deixo, já sofri demais. Grito "Estou aqui!!", já me viram e a luz cega-me, depois de uma imagem toda branca sucede uma negra, esfrego os olhos... esfregos os olhos e acordo. Acordo do meu sono, e acordo para o mundo!!!

Obrigado pelo vosso apoio =)

sexta-feira, novembro 03, 2006

Aquele sítio...

Todos nós temos um sítio, um local, por nós considerado especial. Alguns já o encontraram e outros, com muita pena minha, ainda estão à sua procura.
Para mim, sem dúvida que todos temos um sítio especial, mas ao mesmo tempo posso dizer que só o local não faz de mim feliz nem me deixa num êxtase de alegria, pode fazer-me sentir bem, sem dúvida que sim...
Mas o local mais especial para mim é onde encontro os meus amigos, e como vocês estão e estarão sempre no meu coração, independentemente do local, eu sou feliz porque vos tenho!!!

Não desfazendo, está claro, o meu grande sonho para viver a minha vida calma e....
Bom, o resto os amigos, que é quem interessa que saibam, sabem muito bem e pronto estando eu perto ou longe de vocês, num sítio especial ou não sou feliz =)

(preferindo, está claro, tervos por perto)




Com um pouco de sorte levo-vos comigo para um lugar como este aqui representado, ou melhor ainda....

Primus (amigos) ADORO-VOS, sem vocês sinto-me perdido
Vocês são "Aquele sítio"

domingo, outubro 22, 2006

Sexta Feira 13, o porquê?

Desde já tenho que pedir desculpas mas não encontrei as confirmações das datas mais cedo.
Como já disse a algumas pessoa este ano repetimos algo que aconteceu à séculos e que deu origem à dita "Sexta Feira 13", mais precisamente 699 anos.



"Em todo o território francês, os cavaleiros do Templo foram presos simultaneamente a 13 de Outubro de 1307, uma sexta-feira. (Inclusive, alguns dizem, que vem deste evento a a lenda de as Sextas-Feiras 13 serem dias de azar). Por terem sido submetidos a tortura, a maioria admitiu práticas consideradas hereges, como adorar um ídolo chamado Baphomet, homossexualidade ou cuspir na cruz. O papa aprovou a sua extinção no Concílio de Viena de 1311-1312, tendo a maioria dos cavaleiros da ordem sido executada na fogueira, incluindo o seu grão-mestre Jacques de Molay em 1314."

Este pequeno cherto foi retirado da Wikipedia

.

Mais um dos meus esquiços...
Desta vez dedicado a umas situações engraçadas com umas certas pessoas. A melhor das situações é aquela em que eu me dedicava a baixar para arranjar as calças (que estavam por baixo da minha sapatilha... estranho, ou não =P) e uma das pessoas envolvias me puxa pra cima só pra que enquanto falava comigo eu lhe olhar na cara....
Esta é uma de muitas, e este desenho (esquiço) deve dar uma pequena ideia... xD




axo k deve dar pra entender k aki alguem e impedido de se levantar no banco pra fazer o k ker k fosse fazer... =P

quarta-feira, outubro 18, 2006

Passado, Presente e Futuro

Passado e Presente se confundem.
O sentimento? Esse perdura,
embora incerto
é o correcto.

Sentimento nunca escondido,
por vezes manifestado
e outras revelado.
Onde o amor, outrora, existiu
a amizade resistiu!

Quanto ao Futuro,
nada a dizer
sem antes o viver.
Certezas sobre este não há,
apenas uma,
a nossa amizade resistirá.



segunda-feira, outubro 16, 2006

Vai torta sem dúvida alguma...

Circo de feras - Xutos e Pontapés

A vida vai torta
Jamais se endireita
O azar persegue
Esconde-se á espreita

Nunca sei um passo
Que fosse correcto
Eu nunca fiz nada
Que batesse certo

E enquanto esperava
No fundo da rua
Pensava em ti
E em que sorte era a tua
Quero-te tanto
Quero-te tanto

De modo que a vida
É um circo de feras
E os entretantos
São as minhas esperas

E enquanto esperava
No fundo da rua Pensava em ti
E em que sorte era a tua
Quero-te tanto
Quero-te tanto


Mais torta não me parece possível, mas é a vida que tenho. Ontem fiz um post sobre apoio e hoje já tou a postar algo sobre a vida correr mal, ou seja tou a necessitar de apoio.
Mesmo assim após ter ouvido que não eu ainda tentei... burro :p
...
:'(

domingo, outubro 15, 2006

E a ti, quem é que te apoia?

Hoje fo mai um lindo dia trabalhoso, tava a ver que não tinha um momento de descanso, naquele inferno de trabalho, quando de repente... um tempinho livre, do qual resultou este desenho.

Como tinha dormido mal a noite porque pensava em certas cenas que tenho que resolver, o desenho resumiu-se a pensar nas pessoas que me apoiam e que eu apoio, sempre. Esta cena de apoiar não é ter alguém que está sempre de acordo conosco, não senhor, mas sim alguém que nos ajuda quando necessário, e que por sua vez quando necessitam, nós também lá estamos a apoiar...

Pois bem meus amigos, cá está mais uma vez, um desenho dedicado a vocês...


terça-feira, outubro 10, 2006

Sofro...


Sofro,
e ainda bem que sofro.
Todos nós sofremos,
uns mais outros menos,
uns fisicamente, outros psicologicamente
e alguns, quem diria,
do coração!

"Porque sofro eu?".
Interrogam-se alguns,
"Que fiz eu para merecer isto?".
Lamechas, chamo-lhes eu,
sois uns lamechas, insisto.
A vida é mesmo assim.

Sofro, sofri e sofrerei,
faz parte da vida e agradeço.
Não é que goste de sofrer,
mas só assim dou o devido valor a tudo.
Às minhas amizades (coisa que eu mais prezo na vida)
e aos momentos
por mim vividos,
quando rodeado por amigos.

Quando eles me faltam,
sinto-me só, triste e sofro,
mas...
regojizo de alegria,
sinto-me bem
porque se o motivo que entristece
é a falta da sua companhia,
estou a ser um cromo.

Mesmo que se encontrem numa ausência física
a sua amizade está sempre connosco,
não nos abandona nunca!
Nem eles a nós
e sendo eles nossos amigos
também nós não os abandonamos.

Sofro,
e deixo de sofrer
mesmo que me sinta mal por dentro
eles estão sempre lá,
tal como já estiveram
e estarão...
Deixo de sofrer por eles,
por causa deles
e com eles...


Na tentativa de fazer algum post de jeito saiu isto :s
mas mesmo assim tá feito e é postado...

Aos meus amigos "Adoro-vos e não coseguiria viver sem o vosso apoio"

sábado, outubro 07, 2006

Escolha difícil!!!



Hoje, após este dia de trabalho, interroguei-me sobre qual destes filmes seria o melhor.
Para mim são todos fantásticos, são situações diferentes mas a mensagem transmitida por todos eles é fantástica.

Cá ficam eles, são apenas quatro mas podiam ser mais, peço a opinião de todos e por favor, façam a vossa escolha. Se por acaso não conhecerem algum dos filmes eu digo "Tenho muita pena." e logo de seguida acrescento "Arranja e vê, não te vais arrepender."

Finding Neverland; Mouli Rouge; Chocolat; La Vita è Bela.

















Tudo isto devido a uma simples razão, o meu pai hoje comprou o jornal Expresso e lá trazia um DVD do filme Chocolate (a comer um bocadito enquanto faço isto, daquele negro e amargo) o qual me deu vontade de rever.....


Qurm não os conhece, compre algugue, peça emprestado ou façam mesmo o download e vejam.

terça-feira, outubro 03, 2006

Quem vê caras não vê corações

Muito bem, cá vai mais um post com outro desenho (Paula, parece que isto tá sem dúvida de volta ao activo).
Desta vez vamos falar sobre este ditado bem antigo. É bem verdade que quem vê caras não vê corações, isto eu posso dize-lo por várias razões senda a principal o facto de eu muitas das vezes guardava para mim tudo o que se passava, e mesmo que estivesse mal por dentro, eu era aquela pessoa sempre com un sorriso na cara. Foi uma pena para algumas pessoas deixarem de me ver tantas vezes com um sorriso e foi pena eu perder essa faceta, mas como todos os males vêm por bem... só perdi essa faceta porque encontrei alguém que me serve de apoio, sempre que eu preciso está do meu lado.

E agora se quizer esconder que se passa alguma coisa é impossível, ela conhece-me muito bem e repara logo que eu ando "estranho" :s

Aproveito também para dizer que por vezes, quando ando com cara de fodido não emplica que se esteja a passar algo de mal, pode ser simplesmente o facto de tar cansado ;)

Abraços e beijos pra todos, e desdes já vos digo: "Escolham bem os vossos amigos porque colegas há muitos. Amigos? Amigos tens duas mãos e se as encheres já é muito..."

Pensem nisso ;)

P.S. Isto é para vocês(que me enchem uma mão) Andrea, Iria, João, Monique e Telmo (e cá estão eles por ordem alfabética)

sexta-feira, setembro 29, 2006

Desepero!!!

Mas que raio foi isto?
Que aula foi esta? Num apanhei nada, mas mesmo nada!!!!
Quer dizer, uma impressão nos olhos apanhei, era tanto fumo naquela sala (aula de Química Analítica :s), que minha nossa meus ricos olhos ficaram mesmo mal.
Felizmente já arranjei um caloiro, por sinal muito fixe, que me vai fazer um pequeno favor que é por umas velinhas a arder por mim à Nossa Senhora. ;)



Bem, tudo isto só pra dedicar este desenho à magnifica aula de Química Analítica... =P
Ai ai, quando me vir livre disto vou ficar muito contente =P

quinta-feira, setembro 21, 2006

"Bem, talvez tenha tido a inspiração certa :)"

O título foi um coment feito ao desenho, no meu fotolog.
A verdade é mesmo essa, tive a inspiração certa, se bem que pra tudo o que fazemos temos sempre a inspiração certa. A meu ver se algo sai bem é porque a inspiração era para tal, o mesmo se passa se o trabalho ou outra coisa qualquer que fassa-mos sai mal, isso só se passa porque a inspiração era a certa (certa para isso sair mal =P)....
Enquanto que o fazia questionei-me se o que fazia tava correcto, mas mesmo que não tivesse eu não alterava nada, é sempre pra seguir em frente tal como a vida. Após o finalizar surge uma questão "Está o desenho completo? É que existem alguns espaços em branco!", mas sim está completo, a meu ver está completo pois penso que toda a gente tem espaços na sua vida e no seu coração pra preencher (outros já estiveram preenchidos, mas ficaram vazios e nada os pode substituir)....
Bem meus amigos, comentem ou não... sejam criticos de preferência criticas construtivas =P

terça-feira, setembro 19, 2006

De volta ao activo?

"Quando é que o (in)actividade volta ao activo?"
Esta questão foi-me colocada por uma amiga à qual a resposta não é muito prometedora, se bem que ao responder já estou a voltar ao activo mas isso são "coisas", visto que sertas e determinadas situações não o permitem.
A verdade é que a vida não corre como desejado, a quase ninguém (quem sou eu pra me queixar?), nem corre bem, nem no termo intermédio mas também não tou na lama, pelo menos pra já (tenho quem me dê apoio, e a esses dois "OBRIGADO", vocês sabem quem são)...

Pronto, cá tá o motivo pelo qual não tenho dado a actividade merecida a este blog.
"A vida é má..." - Andrea (alguém que sabe bem o que diz, que entende pelo que passo e eu pelo que ela passa, visto assim tenho que dizer "OBRIGADO" a três pessoas :P)

fiquem bem

terça-feira, agosto 29, 2006

"¿quando volvamos a vernos?"

a distância é uma merda, que nos separa...
mas só mesmo em distância, porque eu vou lutar contra ela ;)

"pulseira da sorte" disses-te, espero bem que o seja, porque desde esse dia que ainda não a tirei...

bjinhus

sexta-feira, agosto 04, 2006

Situação caricática

"A vida é realmente um caldeirão de mistérios, a começar pelos mais simples, pelos mais ingénuos e inocentes, por aqueles que estão na génese da nossa existência. Afonso, por exemplo, nunca teve a certeza absoluta sobre a data exacta em que nasceu. Sabia que tinha sido em Março de 1890, embora alimentasse dúvidas quanto ao dia certo. A mãe que o dera à luz à meia-noite e meia hora de 7 de Março, mas seria a meia-noite e maia hora da noite de 6 para 7 ou de 7 para 8? A questão nunca foi devidamente clarificada, apesar de, para todos os efeitos, a data de 7 de Março se ter tornado, nos documentos oficiais, o dia em que Afonso nascera."

in "A filha do Capitão" de José Rodrigues dos Santos

Esta é uma das passagens engraçadas deste livro, inda não o acabei de ler mas, há sempre uma ou outra cena que me faz rir... xD
Aconselho vivamente (isto vindo de alguém que raro é o livro que o prende a ler)

sábado, julho 29, 2006

Alfabeto Escolar (tenho que pagar os direitos de autor)

A - Amizades (fiz uma, este ano conheci mt gente mas amizades, só fiz uma)
B - Braga (a minha cidade, cidade onde passei este ano td)
C - Colheres (irmandade da colher, uma irmandade recentemente formada e constituida por alunos e alunas da U.M. k utilizam colheres como adereços, o k m fez pertencer a esta irmandade foi o meu xamado de "1º Auto-Broche*" sei k o nome é horrivel mas vejam lá o k s pode fazer com uma colher)
D - Divertimento (houve alguns motivos para tal, cortejo e enterro xD)
E - Enterro (mts bons momentos nakela barraquinha)
F - Férias (n as vou ter, ou kando tiver n tnhu ning pra m acompanhar, novamente, pobre EU)
G - Geologia (o grande curso)
H - Hilariantes (cópia do blog "visão enterior, olhar exterior", pk é verdade k com ela e com outro grnade amigo, o Telmo, tds os momentos foram hilariantes, os k n foram é pra esquecer)
I - Importante (pk conheci a pessoa + importante pra mim nesta vida)
J - João (um grande amigo, pra ele um GRANDE ABRAÇO)
L - Líquidos (passei grandes noites na companhia dos líquidos)
M - Monique (grande amiga, pra ela um GRANDE BEIJO, a pessoa + importante pra mim nesta vida)
N - Nunca Pior (grande sitação, e meu nome de praxe, aplicada este ano a td e tds)
O - Orgasmo (por uns atingido, por outros não e por alguns fingido, enganaram-vos bem =P)
P - Praxar (o k + vou fazer pra este ano lectivo, caloiros preparem-s no 1º dia vão pra casa a xorar)
Q - "Quê?" (o k + m apeteceu dizer em algumas aulas)
R - Raquel (minha mana, vai studar um ano pro Brasil, k saudades vou ter ='( snif snif)
S - Só (como me sinto agora mm, e tou, só cá tou eu e o pc =P, fora d brinca, sinto-m só)
T - Telmo (o "alentejano", outro grande amigo e pra ele tb vai um GRANDE ABRAÇO)
U - Universidade do Minho (onde passei grande parte do ano, ou kase td)
V - Visão Interior, Olhar Exterior (onde fui roubar a ideia pra este post =P)
X - "xD" (talvez a expressão k + utilizei este ano no MSN)
Z - "Z como és" (publicidade ao sumol mas é por uma boa razão, o + recente reclame deles diz "a vida são 2 dias, faz directa"... mt bom)


Sem dúvida k houve cenas k n foram ditas, mas estas devem ser as + importantes.
Abraços pors meus amigos e Beijos pras minhas amigas (é tarde e tou cansado mas axo k n trokei, tb s trocar eles n s importam, são amigos)

Aqui fica uma imagem do dito =P

1º Auto-Broche ->

quinta-feira, julho 27, 2006

Muito obrigado

Obrigado pela sinceridade, por a conversa ser objectiva e directa, sem rodeios nenhuns.
Seremos sempre amigos, se não houver espaço pra mais nada, não faz mal.
Ter-te-ei sempre por perto nos bons e maus momentos, eu sei disso, e tu tambem me terás sempre do teu lado pra tudo o que for preciso.
Eu estou a agradecer porque faz parte de mim ser assim, porque em palavras tuas "não é preciso agradecer aos amigos, eles são amigos porque gostam de nós e não pra lhes agradecer-mos"...


"Obrigado por saberes cuidar de mim, tratar de mim, olhar para mim...
Escutar quem sou e se ao menos tudo fosse igual a ti..." - The Gift - Fácil de entender


A ti o meu "Obrigado" (talvez por sermos tão amigos que me sinto bem em agradecer, pra mostrar o que sinto por ti)
jinhus fofos pra ti Monique ;)

terça-feira, julho 25, 2006

Só...



Só...
novamente só.
A pior sensação.
Não há nada mais triste,
que a solidão.
E eu estou só.

O porquê?
É muito estranho.
Mas quem não o é?

É bom saber que
a nossa amizade resiste,
resiste e presiste.
Nada nos separa,
só a solidão.

Será que consegue?
Eu digo que não,
nada nos separa,
existe algo chamado Coração.
E Tu, sim Tu
estás, estarás e sempre
estiveste lá!!!

Só...
novamente só.
Tretas!!!
Onde quer que eu esteja,
onde quer que tu estejas
não estamos sós.
Estamos juntos!!

Quanto ao Só.
Ele que fique só
não me faz falta,
não necessito dele.
Pois tenho os meu amigos
e Tu és uma...


Wonderwall - Oasis
"I don't believe that anybody
Feels the way I do about you now"

sábado, julho 22, 2006

Porque somos amigos desde putos....

Embora me custe falar sobre o assunto, não podia deixar passar isto em branco.
Hoje farias 24 anos... foi uma pena a maneira como partiste :(

Pra ti um abraço. Quem dera poder sentir outro teu! ='(


"Vive como gostarias de ter vivido quando morreres." - C. F. Gellert

sexta-feira, julho 21, 2006

Só falta escolher...

“Eu amo-te para amar-te e não para ser amado, pois nada me dá tanta felicidade como ver-te feliz.”
George Sand

Só falta escolher com vamos ser felizes, com quem nos ama e nos quer ver felizes ou de outra forma. É bom ter alguém que nos ama, mas não nos fórça a corresponder esse amor, e só nos querem ver felizes. Só por isso essas pessoas têm que ser respeitadas e amadas, não seria preciso dizer isto mas vou dizê-lo na mesma.

São os nossos Amigos verdadeiros, são a essência da vida!!

Por isso nos estendem a mão e a deixam aberta, sempre que precisamos estão lá. Mão aberta para nos deixar ir, para sermos felizes, ou então para a aceitarmos e sermos felizes com essa pessoa.

A todos os meus amigos: Sejam felizes, adoro-vos....

quinta-feira, julho 20, 2006

Conhecimento. Será que por ele vale a pena ficar assim??

“O homem deve sempre aumentar os seus conhecimentos, mesmo que isso signifique aumentar as suas tristezas.” - Rabi Menahem Mendel


Será que sim?
Valerá a pena, por um pouco de conhcimento ficar assim?
Eu digo que não, mas depende do conhecimento que se vem a obter. Estão perto, mas separados (será que lhes valeu a pena ficar a conhecer o que quer que fosse?), volto a dizer, "estão perto" a sua amizade os fez assim, podem não continuar juntos mas também não se separam...
Com uma lágrima no olho e seus corações separados são felizes, são amigos, e os amigos não se separam!!!

A amizade supera tudo

sexta-feira, julho 14, 2006

Partilho o teu sentimento...


Começo a pensar que tens razão, mas se reparares bem o cais tem um fim, e desse fim nada passa. Só nos resta chegar lá as ditas ilusões estarem à espera daqueles que tanto se importam com elas e que de tanto gostarem delas, as mantêm vivas...

P.S. dedicado à Paula, grande amiga, tudo se resolve... nós, na presente situação, não somos quem mais fica a perder ;)
ânimo, jinhus

quarta-feira, julho 12, 2006

Preso aos sentimentos, perdendo a liberdade...

Fácil de Entender (The Gift)


Talvez por não saber falar de cor, imaginei

Talvez por saber o que não será melhor, aproximei
Meu corpo é o teu corpo, o desejo entregue a nós...sei lá eu o que queres dizer.
Despedir-me de ti, "Adeus, um dia, voltarei a ser feliz."
Eu já não sei se sei o que é sentir o teu amor não sei o que é sentir.
Se por falar, falei, pensei que se falasse era fácil de entender.
Talvez por não saber falar de cor, imaginei.
Triste é o virar de costas, o último adeus sabe Deus o que quero dizer.
Obrigado por saberes cuidar de mim, tratar de mim, olhar para mim...
Escutar quem sou e se ao menos tudo fosse igual a ti...
Eu já não sei se sei o que é sentir o teu amor não sei o que é sentir.
Se por falar, falei, pensei que se falasse era fácil de entender.
Eu já não sei se sei o que é sentir o teu amor não sei o que é sentir.
Se por falar, falei, pensei que se falasse era fácil de entender.
É o amor que chega ao fim. Um final assim, assim é mais fácil de entender...
Eu já não sei se sei o que é sentir o teu amor não sei o que é sentir.
Se por falar, falei, pensei que se falasse é mais fácil de entender.
Eu já não sei se sei o que é sentir o teu amor não sei o que é sentir.
Se por falar, falei, pensei que se falasse era fácil de entender.



"A única liberdade que temos, é aquela de pensarmos por nós mesmos."

quinta-feira, julho 06, 2006

Sensações, espero que sejam só sensações...

Estranha sensação esta que me persegue, estranha não, horrível!!
É triste sentir que temos tudo e de um momento pro outro..... foi-se. Não sei porquê mas parece que não vou voltar a ter o que perdi, é essa sensação que me assombra.
O jogo do "puxa e empurra" aplica-se em mim, mas é mais parecido com o "agarra e solta", não que a minha vontade seja a de soltar, mas torna-se difícil manter algo preso contra sua vontade.


Já alguém conseguiu abraçar areia?
Pois eu não e ao que parece nunca hei-de conseguir....
Triste, fico triste, por tar só.
Não consigo ter nos braços o que mais gosto,
quem mais gosto.
Ao que parece tornou-se a minha areia,
aquela coisa impossivél de agarrar.
Triste, fico triste....
Não te tenho nos meus braços...


"O início e o fim do amor podem ser reconhecidos pela estranha sensação que sentes quando estás sozinho." - Jean de La Buryère

Já senti uma vez, tal como disse atrás "Triste, fico triste, por tar só.", espero não me sentir só novamente...

sábado, julho 01, 2006

England, England, England, pó C#####O outra vez England!!!!

Sofridinho até ao fim, mas este jogo foi nosso.
Os meus sinceros parabéns ao Ricardo, grande guarda-redes, mas acima de tudo ao Miguel, em todos os jogos a sua participação foi magnífica......


Aki fica uma imagem do meu magnífico jantar =P

Agora só falta + 1 e tamos na final!!!!

quinta-feira, junho 29, 2006

Como descascar uma laranja!!!

Finalmente aprendi a descascar uma laranja, da forma mais correcta, não que as outras não dessem resultado. Mas sem dúvida que a nova técnica por mim adquirida e agora posta em prática, é muito mais aplicável ao dito alimento... =P

Aqui fica uma pequena imagem de como o fazerem.


Espero não ofender nínguem.

quarta-feira, junho 28, 2006

Porque os amigos, estão aqui....

Esta letra é dedicada a todos os meus amigos, e aos amigos verdadeiros de todo o povo em geral!!!
Porque os amigos são frontais e nos apoiam sempre que é necessário.....
São AMIGOS =)


Sou teu amigo, sim! (Toy Story 2)


Sou teu amigo, sim!
Sou teu amigo, sim,
Sou teu amigo, sim,
quando a vida corre mal
e tu ficas só e sentimental,
sou alguém que gosta e é leal,
tu tens um amigo aqui!

Eu sou teu amigo, sim.
Não sou mais forte nem sou
mais inteligente que tu
quando estou aqui, não sei.
Mas mais ninguém é mais amigo
que eu e tu,só nós os dois, pá!

O tempo vai passar
e sem nos modificar,
a amizade não vai ter fim,
sou teu amigo sim!
Eu sou teu amigo sim,
sou teu amigo sim!


Pra vocês, amigos... Abraços e beijos

segunda-feira, junho 26, 2006

Hoje, cafézinho???

Um professor diante da sua turma de filosofia, sem dizer uma palavra pegou num frasco grande e vazio de maionese e começou a enchê-lo com bolas de golfe. A seguir perguntou aos estudantes se o frasco estava cheio. Todos estiveram de acordo em dizer que "sim".O professor tomou então uma caixa de fósforos e a vazou dentro do frasco de maionese. Os fósforos preencheram os espaços vazios entre as bolas de golfe. O professor voltou a perguntar aos alunos se o frasco estava cheio, e eles voltaram a responder que "Sim". Logo, o professor pegou uma caixa de areia e a vazou dentro do frasco. Obviamente que a areia encheu todos os espaços vazios e o professor. Questionou novamente se o frasco estava cheio. Os alunos responderam-lhe com um "Sim" retumbante. O professor em seguida adicionou duas chávenas de café ao conteúdo do frasco e preencheu todos os espaços vazios entre a areia. Os estudantes riram-se nesta ocasião. Quando os risos terminaram, o professor comentou:"Quero que percebam que este frasco é a vida. As bolas de golfe são as coisas importantes, a família, os filhos, a saúde, a alegria, os amigos, as coisas que vos apaixonam. São coisas que mesmo que perdêssemos tudo o resto, a nossa vida ainda estaria cheia. Os fósforos são outras coisas importantes, como o trabalho, a casa, o carro etc. A areia é tudo o resto, as pequenas coisas. "Se primeiro colocamos a areia no frasco, não haverá espaço para os fósforos, nem para as bolas de golfe. O mesmo ocorre com a vida. Se gastamos todo o nosso tempo e energia nas coisas pequenas, nunca teremos lugar para as coisas que realmente são importantes. Presta atenção às coisas que realmente importam. Estabelece as tuas prioridades, e o resto é só areia."Um dos estudantes levantou a mão e perguntou: - Então e o que representa o café? O professor sorriu e disse: " Ainda bem que perguntas! Isso é só para lhes mostrar que por mais ocupada que a vossa vida possa parecer, sempre há lugar para tomar um café com um amigo. ".


Esta mensagem chegou a mim através do meu primo (1 dos mts) e sfalando ela de algo que eu tanto estimo, a amizade, faço questão de transmitir esta mensagem a todo o povo possivel.
Mesmo que o tempo livre seja pouco, estejam atentos aos vosso amigos, as pessoas de quem gostam e tambem aqueles que gostam de vocês.....

quinta-feira, junho 22, 2006

post, k post?

pois, pois. o blog chama-se InActividade mas afinal parece ter actividade, embora estranah mas tem.

bem, sinceramente axo k vai ser mt inactivo, tendo em conta k nsou dakels k fica praí a escrever e k tb n tnhu jeito pra coisa,mas tass....
vou tentar dar algum uzo a esta coisa com algumas Acividades minhas =P